Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Os Livros do Nosso Bairro

Blog sobre Literatura

Blog sobre Literatura

Os Livros do Nosso Bairro

24
Out17

Ainda sobre Histórias de Vampiros

IMG_0078.JPG

 

Ao folhear (por acaso) este livro da Editorial Estampa encontrámos o conto intitulado " O Vampiro" de John Polidori (1819) do qual tínhamos estado a falar neste post. A coincidência fez com que (mais uma vez) interrompêssemos a leitura das Memórias Póstumas de Brás Cubas e lêssemos não só o conto de Polidori como todos os outros que compõem este "Histórias de Vampiros":

 

A Culpa é dos Padres - Bento XIV

A Vampira - Ernst Hoffman (1828)

O bom Vampiro - Charles Nodier (1831)

Berenice - Edgar Allan Poe (1835)

Teu amigo, o Vampiro - Conde de Lautréamont (1868)

Lokis - Prosper Mérimée (1869)

O Vampiro do Sussex - Arthur Conan Doyle (1927)

O Vampiro passivo - Ghérasim Luca (1945)

O Homem do segundo andar - Ray Bradbury (1947)

Confissão do Vampiro de Londres - John Haigh (1949)

 

Ordenada de forma cronológica, esta colectânea começa por uma carta escrita pelo Papa Bento XIV a um dos seus arcebispos aconselhando-o a "extirpar estas superstições" porque "existem padres que as fomentam" e que " só os vivos são culpados destas crendices". Uma espécie de desculpa para o que se segue? Todos os contos merecem ser lidos, embora os de Lautréamont e Ghérasim Luca não nos tenham suscitado grande entusiasmo. O ponto alto, na nossa opinião, talvez seja o último, uma vez que se trata de uma confissão verídica escrita por John Haigh quando já se encontrava na cela da morte a aguardar a sua execução. Um livro obrigatório de se ler para todos os fãs destas criaturas da noite ou do género, no geral.

Estamos a Ler

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Sigam-me